A JKA PORTUGAL representa uma ligação entre Associações de Karate,

que proporciona a todos os seus praticantes os princípios da Escola JKA

e o seu "know-how” técnico, adquiridos directamente no Japão.

  • 1

Niju Kun

Os Vinte Princípios do Karate - NIJU KUN

Antes da fundação da JKA, o Mestre Gichin Funakoshi definidos os Vinte Princípios do Karate, que formam os fundamentos da arte. Dentro destes vinte princípios, fortemente baseado no Bushido e Zen, reside a filosofia da JKA.

 

 

Karate wa rei ni hajimari rei ni owaru koto o wasuru na

1. Nunca se esqueça: karate começa com "Rei" e termina com o "Rei" ( "Rei" significa cortesia e respeito, e está representado no karate curvando-se).

Karate ni sente nashi

2. Não há primeiro ataque no Karate.

Karate wa gi no tasuke

3. Karate apoia a justiça.

Mazu jiko o shire shikoshite hoka o shire

4. Primeiro entender-se, em seguida, entender os outros.

Gijutsu yori shinjutsu

5. A arte de desenvolver a mente é mais importante que a arte de aplicar a técnica.

Kokoro wa hanatan koto o yûsu

6. A mente precisa ser libertada.

Wazawai wa ketai ni shôzu

7. O problema nasce da negligência.

Dôjô nomi no karate to omou na

8. Não pense que o Karatê só se aplica no dojo.

Karate no shûgyô wa isshô dearu

9. formação de Karate exige um tempo de vida.

Arayuru mono o karate kase soko ni myômi ari

10. Transformar tudo em karatê; nisso reside seu requinte.

Karate wa yu no gotoku taezu netsu o ataezareba moto no mizu ni kaeru

11. karatê genuíno é como a água quente, que esfria, se não continuar aquecendo.

Katsu kangae wa motsu na, makenu kangae wa hitsuyô

12. Não pense em vencer, você deve pensar em não perder.

Teki ni yotte tenka seyo

13. Transforme-se de acordo com o adversário.

Ikusa wa kyojitsu no sôjû ikan ni ari

14. O resultado da luta depende do controlo.

Hito no teashi o ken to omoe

15. Imagine os braços e as pernas como espadas.

Danshi mon o izureba hyakuman no teki ari

16. Depois de deixar o aconchego da casa, há um milhão de inimigos.

Kamae wa shoshinsha ni, ato wa shizentai 

17. Posturas são para o novato, mais tarde, são posições naturais.

Kata wa tadashiku, jissen wa betsu mono

18. Faça o kata corretamente, a luta real é uma questão diferente.

Chikara no kyõjaku, karada no shinshuku, waza no kankyû o wasuru na

19. Não se esqueça de controle da dinâmica do poder, a elasticidade do corpo e da velocidade da técnica.

Tsune ni shinen kufû seyo

20. Seja sempre bom para a aplicação de tudo o que você aprendeu.